::: NEBULOSA DE ETA CARINA PARA IMPRIMIR EM 3D :::

 

Usando dados do espectrógrafo X-Shooter que funciona acoplado ao VLT - Very Large Telescope que fica no ESO - European Southern Observatory, no Chile, um grupo de nove cientistas internacionais, dentre eles três brasileiros, criaram um mapa espectroscópico da Nebulosa do Homúnculo ao redor da estrela binária Eta Carina .

O trabalho foi publicado em 8 de julho de 2014 no periódico científico Monthly Notices of the Royal Astronomical Society e é destaque hoje no APOD - Astronomy Picture of The Day da NASA.

A partir do mapa espectroscópico, foi possível criar um modelo 3D da nebulosa. O resultado é equivalente a uma tomografia da nebulosa! Incrível! 

Na imagem abaixo você confere duas posições do modelo 3D sobrepostas à imagem da nebulosa feita pelo telescópio espacial Hubble. Clique na imagem para abrir versão maior e legendada.

APOD/NASA
 
Modelo 3D da nebulosa do Homúnculo em Eta Carina

 

Confira nesse link uma animação que mostra a nebulosa girando 360 graus na tela. Vai abrir noutra janela.

E o que é bem legal: os cientistas disponibilizaram um modelo (arquivo digital) para ser  impresso numa impressora 3D. Se você tiver um desses brinquedinhos high tech, poderá imprimir o seu próprio modelo em casa! 

Na imagem a seguir um cientista segura um modelo 3D impresso diante da foto original da nebulosa.

Goddard Space Flight Center/NASA

Cientista compara modelo 3D da nebulosa com uma imagem real

 

Um dos pesquisadores mais respeitados no mundo quando se se trata de Eta Carina é o prof. Augusto Damineli do IAG - Insituto Astronômico e Geofícios da USP. Na foto logo abaixo vemos o prof. Damineli, que participou do trabalho de cooperação internacional, segurando um modelo 3D impresso do homúnculo.

  
Prof. Augusto Damineli com o modelo 3D impresso

 

A Nebulosa do Homúnculo, que fica a cerca de 7500 anos-luz da Terra, é fruto de uma grande explosão em Eta Carina detectada em 1843*. Desde então, o material ejetado vem se expandindo, formando a curiosa nuvem classificada como nebulosa bipolar pois tem dois lóbulos dispostos em simetria axial. Os lóbulos são constituídos de uma casca fina de poeira com cerca de 15 vezes a massa do Sol e 3 trilhões de quilômetros de extensão. O sistema binário de estrelas fica exatamente no encontro desses dois lóbulos. O mecanismo de formação de uma nebulosa bipolar ainda não é bem entendido pelos cientistas. Mas suspeita-se, pela formação, que o material tenha sido ejetado dos polos opostos da estrela que explodiu.

Confira abaixo mais informações sobre o sistema binário de Eta Carina e a Nebulosa do Homúnculo em entrevista o prof. Damineli em 2012.

Fonte: Pequisa Fapesp


* A explosão ocorreu, na verdade, 7500 anos antes de 1843. Mas as informações sobre o evento, viajando no espaço à velocidade da luz, só foram detectadas na Terra em 1843, 7500 anos depois.


Saiba mais

  • Matéria no site do IAG/USP
  • Página do prof. Damineli com detalhes do projeto




Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 22h26





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  ::: NEM EXA, NEM HEXA :::


Frase oficial da nossa seleção gravada no ônibus da Copa 2014

 

A primeira conquista de uma Copa do Mundo de Futebol pelo Brasil foi em 1958. A segunda veio logo em 1962 e nos tornamos bicampeões mundiais. O tricampeonato foi conquistado em 1970, a primeira Copa de que me lembro e que vi numa TV em preto e branco. Em 1974 pude ver a Copa numa TV em cores, na casa de um amigo do meu pai. Mas o Brasil foi desclassificado pelo Carrossel Holandês de Cruyff. Ainda demorou bastante para vir o tetracampeonato, conquistado somente em 1994. O Brasil sagrou-se pentacampeão em 2002. 

Em 2006, na primeira Copa do Mundo de Futebol depois do penta, o Brasil poderia ganhar o sexto campeonato mundial de futebol. E aí veio a pergunta: bi, tri, tetra, penta, ...., qual o prefixo para seis? Começou-se então a falar em hexacampeonato. Mas muita gente ainda se confundia e escrevia "exa", sem h.

A frase Rumo ao Hexa ficou famosa. Mas era bastante comum encontrarmos Ruma ao "Exa". Vi muitas fotos na internet mostrando a frase com a grafia errada. Depois veio a Copa de 2010. E o erro ainda persistia, mas já era bem menor. Em 2014, de tanto que se falou/escreveu sobre o assunto e da Copa em território brasileiro, o erro caiu para praticamente zero. E vimos, inúmeras vezes na TV, nso jroanis, na internet, ..., a frase "Preparem-se! O hexa está chegando!" estampada no ônibus oficial da nossa seleção. 

De qualquer forma, com o quarto lugar na Copa 2014 em casa, não veio nem hexa nem o exa campenato. Mas fomos hepta massacrados pelos gols alemães! Bem... melhor esquecer logo dessa catástrofe futebolística... 

O que pouca gente sabe é que o prefixo exa também existe. E significa 1018, ou seja, o número 1 seguido de 18 zeros (1000000000000000000). Confira abaixo os principais prefixos usados na Física para as unidades de medida, incluindo o exa.

 

FATOR
PREFIXOSÍMBOLO
10000000000000000001018exaE
10000000000000001015petaP
10000000000001012teraT
1000000000109gigaG
1000000106megaM
1000103quilok
100102hectoh
10101decada
0,110-1decid
0,0110-2centic
0,00110-3milim
0,00000110-6microm
0,00000000110-9nanon
0,00000000000110-12picop
0,00000000000000110-15femtof
0,00000000000000000110-18attoa

 

É curioso observar que a Copa 2014 foi a vigésima edição do evento que começou em 1930. 2014 - 1930 = 84. Dividindo 84 por 4, encontramos 21. Contando com a primeira Copa, a de 1930, deveríamos ter tido 22 Copas. Mas só tivemos 20. É que não houve Copa do mundo nem em 1942 nem em 1946 por conta da Segunda Guerra Mundial. 

E não há como nenhum time ser exacampeão mundial de futebol. O time precisaria ter ganho o título 1018 vezes! Como a competição ocorre a cada 4 anos, precisaríamos de um total de 4. 1018 anos. Mas nosso Universo tem apenas 13,6 bilhões de anos (confira o cálculo aqui).  13,6.10anos ou 1,36.1010 anos é muito menos do que 4.1018 anos! 

Enquanto a sexta estrelinha na camisa oficial da seleção brasileira não vem, enquanto ainda somos pentacampeões (e não petacampeões), que tal memorizar todos os prefixos acima? Pelo menos para quem está estudando Física na escola básica ou em algum curso superior é super importante!

Mas pode ir com calma. Não precisa correr! Algo me diz que o hexa ainda vai demorar... E nem estou falando do exa


A camisa oficial da nossa seleção ainda continua com 5 estrelinhas

 


Já publicado aqui no Física na Veia!


Já visitou a fanpage do Física na Veia! no Facebook? Não? O endereço é

www.facebook.com/FisicaNaVeia

 

Aproveite para CURTIR e ficar ligado no blog!

Basta um clique para receber automaticamente todos os posts aqui publicados além de novidades diárias de Física e Astronomia! 





Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 11h07





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
 



Dulcidio Braz Jr
Físico/Professor, 49 anos

São João da Boa Vista
São Paulo/Brasil
  visitante(s) on line agora
Física na Veia!, um Blog Legal do UOL!
Clique e assine

Busca aqui no Física na Veia!
 
 

Clique para conhecer meu livro de Física Moderna
Sobre Física, você diria que:
Adora
Gosta, mas tem muita dificuldade em aprender
Não gosta, mas reconhece que é importante
Não gosta e acha bobagem
Odeia
Votar Ver resultado parcial





  ESPECIAIS TEMÁTICOS








Clique aqui e dê sua nota para o Física na Veia

Clique aqui e indique o Física na Veia para os amigos!





Add to Technorati Favorites