::: QUATRO ANOS NA BLOGOSFERA :::

Neste sábado, 11 de outubro, às 20h52min, completo quatro anos de blog.

Já perdi a conta de quantos posts escrevi desde o primeiro.

Também já perdi a conta de quantos assuntos abordei por aqui.

Não consigo computar quantos novos amigos leitores conquistei.

E não há como estimar quantas pessoas ajudaram a projetar este espaço na blogosfera.

É impossível lembrar um a um daqueles que injetaram uma dose de carinho e ânimo na hora certa fazendo-me prosseguir.

Por isso, MUITO OBRIGADO A TODOS

Graças a vocês o Física na Veia! já deu quatro voltas no Sol de carona com o planetinha azul! E, se me derem a honra e o prazer, vamos para mais uma! Topa?  


E por falar em honra e anos de vida, em 11 e 12 de dezembro deste ano acontece o I EWCLIPO - ENCONTRO DE WEBLOGS CIENTÍFICOS EM LÍNGUA PORTUGUESA. Fui convidado pelo Prof. Dr. Osame Kinouchi do Departamento de Física e Matemática da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras / USP / Ribeirão Preto - SP, organizador do evento, para participar do EWCLIPO por ser um dos blogueiros científicos mais antigos do Brasil. É claro que estarei lá!

 





Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 17h13





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  ::: DEPARTAMENTO DE BOAS NOTÍCIAS :::

Soube que o Brasil acaba de conquistar o título inédito de campeão na 13ª OIbF - Olimpíada Iberoamericana de Física 2008 realizada em Moréia, no México, entre os dias 28 de setembro e 3 de outubro. Conquistar primeiro lugar num evento inernacional de alto nível é algo notável!

A equipe de jovens estudantes trouxe três medalhas de ouro e uma de prata e ainda obteve a melhor nota nas provas experimental e teórica, o que garantiu o prêmio máximo na competição internacional que contou com a participação de 68 estudantes do ensino médio de 19 países da América Latina e da Península Ibérica.

Os brasileiros super campeões foram: Mariana Quezado Costa Lima (Ceará/medalha de ouro), George Gondim Ribeiro (Ceará/medalha de ouro), Leonardo Mendes Valerio Almeida (São Paulo/medalha de ouro) e Deric de Albuquerque Simão (Ceará/medalha de prata).

Mariana fez história: é a primeira mulher a ganhar ouro e a conquistar a maior nota geral em todas as 13 edições do evento. George foi destaque na prova experimental.

Os quatro estudantes brasileiros que defenderam o país na 13ª OIbF foram selecionados na OBF - Olimpíada Brasileira de Física de 2006. De lá para cá receberam atenção especial de professores do Instituto de Física da Universidade de São Paulo, campus de São Carlos, sob a coordenação do professor Euclides Marega Jr, o que com certeza fez diferença na performance brasileira e é uma prova de que investir em educação, com foco e planejamento, dá certo! 

Vale lembrar ainda que em 2007 a equipe brasileira ficou com a segunda colocação na OIbF e foi bronze na OIF - Olimpíada Internacional de Física. Em 2008, além de ouro na OIbF, o Brasil conquistou pela primeira vez uma medalha de prata na OIF. Estamos progredindo, não?


Notícias ruins já temos aos montes. Em todas as áreas. E a área da educação, infelizmente, não foge à regra. Mas, quando o departamento de boas notícias sai da hibernação, temos que festejar! Faça a sua parte. Conte esta boa nova para alguém. Motive algum jovem estudante. E comece a acreditar que é possível mudar o triste cenário brasileiro, inclusive e, especialmente, na educação. Não espere o governo. Não deixe nas mãos dos políticos. Apenas faça a sua parte. E comece assim, com um gesto simples, espalhando uma boa nova! 


Para navegar

  • Confira aqui o resultado da 13ª OIbF
  • Eu também já tive um aluno medalha de prata na 9ª OIbF. Confira aqui. Procure por Vander V. Martins que aparece neste post de 19/12/2004 e també neste outro post de 23/10/2004. 

 





Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 18h55





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  ::: QUEBRA DE SIMETRIA: NOBEL DE FÍSICA 2008 :::

nobelprize.org

Nambu, Kobayashi e Maskawa: laureados em 2008

Yoichiro Nambu, Makoto Kobayashi e Toshihide Maskawa dividem o Nobel de Física de 2008. Metade do prêmio fica com Nambu, americano de origem japonesa. A cada um dos outros dois físicos japoneses caberá um quarto do prêmio.  

Segundo informa o site oficial do Prêmio Nobel, Yoichiro Nambu, de 87 anos, ficou com a maior fatia do prêmio porque descobriu em 1960 o mecanismo da quebra espontânea de simetria. Makoto Kobayashi, 64 anos, e Toshihide Maskawa, 68 anos, que trabalham juntos, descobriram em 1972 a origem da quebra de simetria que prevê a existência de pelo menos três famílias de quarks(1) na natureza.

Sabemos hoje que são seis os "sabores" de quarks: 1. o Up (u), 2. o Down (d), 3. o Strange (s), 4. o Charm (c), 5. o Bottom (b) e 6. o Top (t). Veja os quarks e os léptons(2) do Modelo Padrão(3) para a matéria na figura abaixo.

"Tópicos de Fìsica Moderna" - Dulcidio Braz Jr.
 

Simetria é algo que encontramos muitas vezes no mundo macroscópico. Os físicos chegaram a pensar que no mundo microscópico das partículas subatômicas tal estética também deveria existir. Mas a história da física de partículas e os experimentos em aceleradores mostraram que não é bem assim. A assimetria entre a matéria e a anti-matéria, por exemplo, ainda é um enigma. Por alguma razão, no nosso Universo, prevalece a matéria sobre a anti-matéria(4). Aliás, seria impossível as duas conviverem numa boa já que quando matéria e anti-matéria se encontram ocorre o fenômeno da aniquilação, ou seja, as duas "desaparecem" dando lugar à energia. Nosso Universo só existe e, consequentemente coexistimos com ele, por causa desta salvadora quebra de simetria. A assimetria na massa também é assunto "quente" neste momento. Por que o quark top é um gigante quando comparado com um fóton? O LHC - Large Hadron Collider vai em busca do bóson de Higgs(5) para tentar decifrar este enigma e, quem sabe, outros tantos que podem vir de brinde.

Menos de um mês depois que ligaram a "grande máquina" do LHC, o Modelo Padrão e a Física de partículas voltam a ser notícia de destaque na mídia. E, coincidência ou não, vou começar a abordar o Modelo Padrão com a minha turma de licenciatura em Física hoje à noite na aula de Física Moderna II. Quer maior motivação para começar um assunto do que ter um Nobel de Física novinho em folha?


(1) Quarks são partículas elementares da matéria que se agrupam de três em três para formar os bárions, como os prótons e os nêutrons, ou de dois em dois para formar os mésons, como o méson π (ou píon) que César Lattes, o físico brasileiro que mais se aproximou do Nobel, ajudou a descobrir em 1947. 
(2) Léptons são partículas elementares extra-nucleares que "sentem" a força eletromagnética e a força nuclear fraca. 
(3) Modelo Padrão é o modelo de partículas e suas interações (ou forças) fundamentais que tenta explicar a origem de toda a matéria.
(4) Anti-Matéria é a matéria formada por anti-partículas. Em 1928 o físico inglês Paul Adrien Maurice Dirac (1902-1984) previu a existência das anti-partículas, partículas simétricas às partículas da matéria que diferem de seus "espelhos" apenas pela carga elétrica oposta. Um elétron, por exemplo, possui um anti-elétron (ou pósitron). Os dois diferem apenas no sinal da carga. Mas têm a mesma massa e mesmo momento angular de spin, ou seja, são iguais em todas as suas outras características. Assim, um elétron tem carga -e enquanto o anti-elétron (ou pósitron) tem carga + e (e = 1,6.10-19 C é chamada de carga elementar desde a Física Clássica).
(5) Bóson de Higgs é a partícula responsável pela quebra espontânea de simetria na massa no Modelo Padrão e que foi proposta pelo físico Peter Ware Higgs (1929 - ).
 
Para navegar


Para saber mais


Já publicado aqui no Física na Veia!





Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 14h04





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  ::: AH SE EU ESTIVESSE EM SAMPA HOJE... :::

Hoje tem show gratuito em São Paulo. Três super feras da música instrumental brasileira e, por que não, internacional!

Trio 202: Nelson Ayres (piano), Ulisses Rocha (violão) e Toninho Ferragutti (acordeon).

Vi este show na SESC TV. B-E-L-Í-S-S-I-M-O!!! Tudo bem que sou suspeito ao fazer tal afirmação já que o Ulisses é meu violonista predileto aqui no Brasil. Mas quem conhece estes três gênios sabe bem do que estou falando! E, como se só qualidade não bastasse, é free, é na faixa! Ah seu estivesse em Sampa hoje...

Aproveito e indico os links abaixo sobre quatro posts que fiz aqui no blog sobre a acústica musical e a Física das cordas do violão. Este trabalho foi inspirado num Worshop com o Ulisses Rocha do qual tive a feliz oportunidade de participar e também de outros papos com ele sobre acústica musical. 


:: Serviço

Show: Trio 202 com Ulisses Rocha, Nelson Ayres e Toninho Ferragutti
Dia: 07/10
Horário: 21h
Gratuito: Distribuição de Ingressos -20h
Local: Teatro Décio de Almeida Prado - Rua Cojuba, 45 - Itaim
Tel: (11) 3079.3438
 




Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 14h00





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  ::: DIA DE VOTAR :::

Domingão democrático! Dia especial, dia de eleições municipais em todo o Brasil. Antes de tudo, é dia de votar com consciência e escolher pessoas que podem mudar os rumos da sua cidade nos próximos quatro anos.

E, além de votar nos seus candidatos a prefeito e a vereador, você pode votar aqui também na nossa enquete permamente que quer saber o que você pensa sobre a Física.

Sobre Física, você diria que:
Adora
Gosta, mas tem muita dificuldade em aprender
Não gosta, mas reconhece que é importante
Não gosta e acha bobagem
Odeia
Votar Ver resultado parcial

E, antes que alguém reclame que este tipo de enquete, dentro de um blog de Física, é algo sem significado estatístico, aviso que concordo! O resultado não é estatisticamente correto porque é normal que um blog de Física acabe atraindo bastante gente que gosta de Física! Certo? Trata-se, na verdade, de uma forma de abrir uma discussão sobre o distanciamento que algumas pessoas têm das ciências, em especial das ciências exatas, e ainda mais particularmente da tão maltratada Física. Algumas pessoas chegam a odiar a Física!

Lá na urna eletrônica, ao contrário, a coisa é bem mais séria e tem outra proposta: significa decidir o futuro da sua cidade nos próximos quatro anos! Logo, vote certo! Faça uma escolha consciente!

Boas eleições! E, se tiver um tempinho para um click rápido, boa enquete também, qualquer que seja a sua escolha!





Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 00h58





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
 



Dulcidio Braz Jr
Físico/Professor, 49 anos

São João da Boa Vista
São Paulo/Brasil
  visitante(s) on line agora
Física na Veia!, um Blog Legal do UOL!
Clique e assine

Busca aqui no Física na Veia!
 
 

Clique para conhecer meu livro de Física Moderna
Sobre Física, você diria que:
Adora
Gosta, mas tem muita dificuldade em aprender
Não gosta, mas reconhece que é importante
Não gosta e acha bobagem
Odeia
Votar Ver resultado parcial





  ESPECIAIS TEMÁTICOS








Clique aqui e dê sua nota para o Física na Veia

Clique aqui e indique o Física na Veia para os amigos!





Add to Technorati Favorites