::: CIRURGIA SOB 'GRAVIDADE ZERO' :::

www.spaceflight.esa.in

O airbus A300 batizado de Zero G dentro do qual a cirurgia foi realizada

A grande notícia de hoje: Médicos franceses realizaram a primeira cirurgia em condições de "gravidade zero".

Sensacional! A idéia é desenvolver a técnica para fazer cirurgias em condições de imponderabilidade, situação em que a gravidade parece ser nula, embora de fato não seja. No futuro, com as viagens espaciais de longa distância, isso pode ser importante para a saúde de astronautas que venham a necessitar de intervenções cirúrgicas.

A cirurgia, muito simples e de baixíssimo risco, era para a retirada de um cisto benígno (cisto de gordura) do braço de um voluntário. Como tudo foi feito dentro de um avião que simula a situação de ausência de gravidade mergulhando numa queda livre de trajetória parabólica, os períodos de imponderabilidade eram curtos (cerca de 22 s cada).

 

Foram necessários 32 mergulhos parabólicos para totalizar os pouco mais de 11 minutos de cirurgia.

Estar no avião em queda livre parabólica é como estar dentro de um elevador que está caindo ou numa nave em órbita ao redor da Terra. São todas situações de imponderabilidade nas quais, no referencial do avião (do elevador ou da nave), estando tudo em queda, perde-se a noção da própria queda e tudo parece flutuar, como se a gravidade tivesse desaparecido.

www.fys.uio.no

Por isso mesmo, pra não ficar "flutuando" dentro do avião, membros da equipe médica (e o próprio paciente) tiveram que usar cinto de segurança para garantir as suas posições fixas no centro cirúrgico montado dentro do avião (clique aqui para ver uma imagem da cirurgia). Os instrumentos cirúrgicos foram presos por eletroimãs. O sangue do paciente, em vez de escoar para baixo, "flutuava" em gotas esféricas que eram tragadas por aspiradores.

Foi também uma boa oportunidade para testar como o corpo humano e suas funções vitais reagem nesta situação típica em que tudo é imponderável.

 

:: Gravidade Zero?

Aproveito esta oportunidade para retornar ao tão polêmico tema. E vou direto ao ponto: esse papo de gravidade zero é furadíssimo!

Embora o termo seja amplamente usado, trata-se apenas de uma situação equivalente à gravidade zero. Mas é claro que o avião estava voando próximo à Terra onde a gravidade continua a ter valor de 9,8 m/s², muito diferente de zero!

Mas tenho a certeza de que muita gente vai ler esta notícia e acreditar que a gravidade anulou-se! É um equívoco comum, que sempre acontece, e infelizmente e mais uma vez a enorme bobagem física vai se propagar...

Mas faço a minha parte e ratifico: gravidade zero é papo furado! Certo?

Se você quiser mais detalhes teóricos sobre a situação de imponderabilidade, leia os posts já publicados por aqui e listados abaixo. Neles o tema é aprofundado.


Clique aqui para ler a notícia na íntegra (direto do site do UOL)

Já publicado aqui no Física na Veia!





Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 13h04





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
 



Dulcidio Braz Jr
Físico/Professor, 49 anos

São João da Boa Vista
São Paulo/Brasil
  visitante(s) on line agora
Física na Veia!, um Blog Legal do UOL!
Clique e assine

Busca aqui no Física na Veia!
 
 

Clique para conhecer meu livro de Física Moderna
Sobre Física, você diria que:
Adora
Gosta, mas tem muita dificuldade em aprender
Não gosta, mas reconhece que é importante
Não gosta e acha bobagem
Odeia
Votar Ver resultado parcial





  ESPECIAIS TEMÁTICOS








Clique aqui e dê sua nota para o Física na Veia

Clique aqui e indique o Física na Veia para os amigos!





Add to Technorati Favorites