::: ATLANTIS NO ESPAÇO:::

Reuters

A decolagem da Atlantis hoje na Flórida

A nave Atlantis, um dos três ônibus espaciais da NASA ainda em operação, decolou hoje às 11h15min (horário de Brasília) do Centro Espacial Kennedy, na Florida, Estados Unidos.

A missão STS-115, que deve durar 11 dias, dá continuidade aos trabalhos de construção da ISS. Os seis astronautas da Atlantis vão instalar uma antena solar de 73 metros, dois módulos, e geradores elétricos que vão dobrar a capacidade energética da estação espacial.

Ao contrário das últimas missões com ônibus espaciais, aparentemente não houve problemas de desprendimento de espuma isolante do tanque de combustível, razão de danos na proteção térmica da nave Columbia e que foi a causa de um dramático acidente na reentrada na atmosfera em 2003 no qual a nave se desintegrou e matou todos os astronautas. 

 

:: As Cinco Naves do Projeto Space Shuttle

www.pt.wikipedia.org

Os cinco ônibus espaciais da NASA (clique na foto para abrir versao maior)

A imagem acima mostra as cinco naves do projeto Space Shuttle construídas pela NASA: Columbia, Challenger, Discovery, Atlantis e  Endeavour. Destas cinco, apenas as três últimas continuam operando. A primeira, Columbia, desintegrou-se em 01 de fevereiro de 2003 na reentrada na atmosfera por um problema no escudo protetor térmico numa das asas. A segunda, Challenger, explodiu na decolagem em 28 de de janeiro de 1986 por um defeito num dos tanques de combustível.


Já publicado aqui no Física na Veia!





Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 13h11





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  ::: ' BIG' LUA CHEIA NO PERIGEU :::

Foto digital: Dulcidio Braz Jr

Foto da Lua Cheia em abril de 2006 (com telescópio newtoniano 180 mm
F9 acoplado numa câmera digital Sony DSC-H1)

Hoje tem Eclipse Lunar Parcial com início previsto para pouco antes das 14h (horário de Brasília). Infelizmente, a Lua ainda está abaixo do horizonte durante o evento aqui no Brasil e, portanto, não poderemos acompanhar o eclipse ao vivo. (Clique aqui para ver detalhes deste eclipse no site da NASA, em inglês)

Mesmo assim, vale a pena procurar a Lua Cheia no céu hoje à noite pois algo "especial" estará acontecendo: a Lua estará no perigeu da sua órbita. Em outras palavras, estará pouco mais perto da Terra e, consequentemente, será vista com seu disco iluminado um pouco maior do que o normal.

 

:: Entenda o Fenômeno

A Lua tem órbita elíptica ao redor da Terra que está num dos focos da elipse. Assim, a Lua pode:

  1. Passar mais longe da Terra (apogeu, dmáx), situação em que a vemos um pouco menor daqui da Terra; 
    ou
  2. Passar mais perto da Terra (perigeu, dmin), situação em que nos parece visualmente maior.

A figura abaixo, fora de escala e com a órbita da Lua (em azul) propositalmente com excentricidade exagerada, mostra as situações de apogeu e perigeu.

Hoje, 7 de setembro, dia de Lua Cheia, nosso satélite natural passará pelo perigeu e, portanto, terá distância mínima da Terra. O efeito prático desta aproximação Terra-Lua é uma Lua Cheia com disco ligeiramente maior.

Aproveite o feriadão de 7 de setembro e olhe para o céu. A Lua Cheia nasce hoje pouco depois das 18h (horário de Brasília), do lado leste, o mesmo lado em que nasce o Sol. Eu vou acompanhar e tentar fotografar, se não nublar (por enquanto o meu horizonte leste está bastante comprometido por nuvens e um jeitão de que pode chover mais tarde).

 

:: Algumas Continhas

O semi-eixo maior da órbita da Lua ao redor da Terra (ou distância média da Lua até a Terra) mede a = 384.000 km. A excentricidade orbital lunar mede e = 0,0549. Podemos calcular os valores da distância mínima (dmin) e da distância máxima (dmáx) entre a Terra e a Lua:

(Se quiser saber de onde vêm as equações acima, leia post já publicado aqui e que faz as deduções)

Conclusão: a distância média Terra-Lua é de 384 000 km mas pode variar entre 363.000 km e 405.000 km aproximadamente.

O tamanho angular aparente q do disco Lunar visto por um observador aqui na Terra também varia com a mudança na distância Terra-Lua. Isso pode ser calculado para os valores de dmin e dmáx obtidos acima. Teremos uma variação no tamanho aparente da Lua que é obviamente maior quando ela se encontra mais perto da Terra, no perigeu da sua órbita. O raio aproximado da Lua mede R = 1740 km. Podemos calcular de forma simples a tangente de q/2 (veja a figura abaixo) e, consequentemente, obter o valor de q.

 

Usando R = 1.740 km (dado) e dmin e dmáx calculados logo acima, teremos:

 

Conclusão: o tamanho angular aparente q da Lua varia desde 0,49 grau até 0,55 grau, com valor médio em aproximadamente 0,52 grau. Sem muito rigor, o tamanho angular aparente médio da Lua para um observador na Terra é de aproximadamente meio grau (0,500), como mostra a figura abaixo.

http://astro.if.ufrgs.br

Na prática, dependendo da época, um observador aqui na Terra poderá ver a Lua Cheia com diferentes tamanhos aparentes que variam entre 0,49 grau até 0,55 grau, uma variação de aproximadamente 10% no tamanho aparente do disco lunar, como nos mostra a imagem abaixo.

 

Não deixe de ver a Lua Cheia hoje que terá tamanho angular aparente máximo de 0,55 grau. Tomara que o céu esteja limpo! Boas observações!


:: UPGRADE [~18h] - Equipamento (câmera digital no tripé e telescópio) preparado diante da janela do meu escritório que dá para o lado leste, onde a Lua vai nascer.

 foto do celular

:: UPGRADE [~20h]

  • Fotos somente com câmera digital
    (nascer da Lua Cheia no perigeu)

 

  • Fotos com o telescópio newtoniano 180 mm F9 acoplado
    na câmera digital

Clique aqui para abrir uma versão em alta resolução.


Já publicado aqui no Física na Veia!





Um forte abraço. E Física na Veia!
prof. Dulcidio Braz Júnior (@Dulcidio)
às 10h25





::
:: Clique e recomende este post para um amigo
::


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
 



Dulcidio Braz Jr
Físico/Professor, 49 anos

São João da Boa Vista
São Paulo/Brasil
  visitante(s) on line agora
Física na Veia!, um Blog Legal do UOL!
Clique e assine

Busca aqui no Física na Veia!
 
 

Clique para conhecer meu livro de Física Moderna
Sobre Física, você diria que:
Adora
Gosta, mas tem muita dificuldade em aprender
Não gosta, mas reconhece que é importante
Não gosta e acha bobagem
Odeia
Votar Ver resultado parcial





  ESPECIAIS TEMÁTICOS








Clique aqui e dê sua nota para o Física na Veia

Clique aqui e indique o Física na Veia para os amigos!





Add to Technorati Favorites